Várzea Grande

A comunidade de Limpo Grande, localizada a 23-km do centro do município de Várzea Grande, é um grande polo de produção de artigos que se distinguem pelo colorido do lavrado e pela firmeza da urdidura. Lá se encontram cerca de 200 moradores aparentados entre si, que vivem da agricultura, do pastoreio, da pesca e do trabalho temporário em fábricas de cerâmica e fazendas, ou ainda do trabalho em casas de família e da comercialização do artesanato, que envolve 40 redeiras.

O ofício das artesãs de Limpo Grande dá continuidade a um saber que vem sendo passado de mãe para filha. Durante a confecção das peças, as relações que são tecidas observam os laços familiares ou de compadrio, quando duas ou mais redeiras se juntam para trabalhar, às vezes em uma mesma rede. Assim formam as carreiras entre parentes, ou entre comadres e vizinhas, que se dividem entre os afazeres domésticos e o tempo exigido pela tecelagem, já que uma rede pode levar até dois meses para ficar pronta.

Limpo Grande

Os usos que passaram a fazer dos fios industrializados são o que identifica a tecelagem de Limpo Grande. As redes e outros artigos são bordados pelas redeirasformando desenhos de tons fortes e vistosos, como flores, araras, papagaios, com predomínio do amarelo, do azul, do vermelho, do bege e do preto.

Exposição da Sala do Artista Popular – Redes de dormir de Limpo Grande. O tema originalmente integrou a exposição “Artes natas: mostra do artesanato mato-grossense”, realizada em 2010 pelo Programa de Promoção do Artesanato de Tradição Cultural (Promoart), no Centro Cultural do Museu de Arte e de Cultura Popular da Universidade Federal de Mato Grosso (UFMT), em Cuiabá (MT).

A mostra reúne a produção de redes de dormir e de outros artigos de tecelagem artesanal, como caminhos de mesa, jogos americanos, xales e saídas de banho da comunidade Limpo Grande, localidade do município de Várzea Grande (MT). Ficará em cartaz até o dia 18 de setembro e conta com o patrocínio da Caixa Econômica Federal.

Serviço

Sala do Artista Popular – Redes de dormir de Limpo Grande

Período: 11 de agosto a 18 de setembro de 2011
Entrada gratuita.

Exposição e venda:
Terça a sexta-feira, das 11h às 18h
Sábados, domingos e feriados, das 15h às 18h
Centro Nacional de Folclore e Cultura Popular – Rua do Catete, 179 (metrô Catete), Rio de Janeiro, RJ 22.220-000

Realização
Associação Cultural de Amigos do Museu de Folclore Edison Carneiro
CNFCP/Iphan/Ministério da Cultura

Patrocínio
Caixa Econômica Federal

Informações
Setor de Difusão Cultural
(21) 2285-0441, ramais 204, 205 e 206
difusão.folclore@iphan.gov.br

Fonte: CNFCP

Como Apoiar?

×