Uma das premissas de atuação da Artesol é apoiar o desenvolvimento de políticas públicas para o setor artesanal. Desde 2013 estamos acompanhando as ações do Colegiado Setorial do Artesanato em ativa articulação com a representante da região sudeste, a artesã Fernanda Bellinaso com aporte de materiais técnicos. O Plano Setorial do Artesanato (PSA) norteará as políticas públicas para o Artesanato nos próximos 10 anos e é fruto do trabalho desse Colegiado, formado por artesãos, artesãs e representantes de órgãos do governo.

No período de 25 de agosto e 9 de outubro permanece aberta a consulta pública para a participação de todos os interessados em contribuir com o plano. A Artesol já está cadastrada na plataforma de consulta do Ministério da Cultura, com a intenção de participar ativamente desse processo de construção do PSA e sua contribuição será balizada pelos 16 anos de atuação em 18 estados brasileiros e na capacitação de mais de 100 grupos. Para promover uma maior participação dos artesãos no processo, a Artesol desenvolverá uma ação focada na apresentação e discussão do plano com artesãos e grupos produtivos de sua Rede, uma vez que muitos não possuem sequer acesso à internet para interagir diretamente na plataforma.  Queremos mobilizá-los e  envolvê-los nessa discussão para coletar e compartilhar suas contribuições na plataforma virtual Cultura Digital. A partir daí, enviaremos um parecer técnico para cada eixo estratégico do plano, que na verdade já fazem parte da nossa prática de atuação.

Assuntos relacionados:

Plano Setorial do Artesanato está aberto para consulta pública

Rede Artesol

Como Apoiar?

×