*Com informações e fotos de ICHNGO

Visão geral do 9° Fórum 2014 ICHNGO

O simpósio anual do 9.COM Fórum 2014 ICHNGO (Intangible Cultural Heritage and Civil Society | Patrimônio Cultural Intangível e Sociedade Civil) realizado em 23 de novembro de 2014 teve o objetivo de incentivar Estados Partes a “promover maior participação de Organizações Não-Governamentais (ONG) e das comunidades para a elaboração de políticas, legislações, desenvolvimento e salvaguarda de planos de desenvolvimento sustentável. O objetivo do simpósio foi revisitar as realizações das ONGs participantes do ICH em quatro esferas importantes e mutuamente interligadas à salvaguarda: políticas públicas, legislação, medidas de salvaguarda e de desenvolvimento sustentável.

O Simpósio teve uma participação excepcional, com 95 participantes de ONGs, comunidades, pesquisadores, representantes de Estado e membros das Comissões Nacionais da UNESCO em mais de 38 países do mundo. O evento contou com apresentações com um formato interativo que facilitou a troca de ideias e partilha de experiências de produção em um dia de diversidade, inclusão e energia positiva combinada.

O Fórum deu mais um passo na promoção da colaboração mútua dos formuladores de políticas públicas e organizações da sociedade civil no propósito comum de salvaguardar o Patrimônio Cultural Intangível no mundo. Até o final do dia, foi demonstrado que existem crescentes relações ativas e dinâmicas entre as ONGs e os Estados Partes. Uma parte importante desta colaboração foi estabelecida desde o 8° COM Baku Session pela recomendação de envolver ativamente as ONGs nos relatórios periódicos dos Estados Partes.

Professor Antonio Arantes representando a Artesol no Simpósio

O simpósio reuniu uma ampla gama de partes interessadas que promovem a consciência de sua diversidade e dos papéis que desempenham em benefício das comunidades.
A rica diversidade da comunidade de ONGs é enriquecedora e significa que a Convenção é implementada em vários níveis diferentes, bem como é um desafio trabalhar com ONGs de escalas tão diferentes. A inclusão do Fórum oferece mesmo à menor ONG a oportunidade de fazer uma contribuição valiosa para a Convenção.

Foram compartilhadas experiências de representantes de diversas localidades sobre o tema: “Bom, Melhor, Excelentes Práticas de estreita colaboração entre as ONGs e os Estados Partes para interligar as esferas de políticas públicas, legislação, medidas de salvaguarda e desenvolvimento sustentável para a salvaguarda do Patrimônio Cultural Intangível”. O Brasil foi representado pela Artesol por meio do professor Antonio Arantes, que compartilhou as experiências mais recentes da ONG no que se refere à salvaguarda do Patrimônio Cultural Imaterial.

1. Experiências do Brasil – Antonio Arantes- ArteSol | UNICAMP

2. Experiências das Filipinas – Carmen D. Padilla – International Organization of Folk Art | IOV

3. Experiências do Quênia – Francis Gichuru –  AFRICAN CULTURAL REGENERATION INSITUTE | ACRI

4. Experiências da Indonésia
– Gaura Mancaccaritadipura – National KRIS Secretariat & advisor of the Minister of Culture
– Parmin Suparmin Sunjoyo – SenaWangi: Indonesian National Puppetry

5. Experiências da China – Gang Zhu Yang e Lihui – China Folklore Society

6. Experiências da Holanda
– Albert Van der Zeijden – VIE | Dutch Centre for Folk Culture and ICH
– Riet de Leeuw – OCW: Ministry of Culture

Como Apoiar?

×