Uma plataforma de ação e reflexão sobre a moda.

O Iguatemi São Paulo realizou, de 17 a 28 de outubro, o movimento Fio da Meada. Uma plataforma prática e teórica, com uma série de workshops e palestras para discutir a moda com os melhores profissionais da indústria nacional e internacional e temas importantes, como a volta da produção manual e o diálogo entre tradição e tecnologia.

A ArteSol participou do evento e promove a realização de workshops de trabalhos tradicionalmente brasileiros, como bordado, tecelagem manual e entalhe em madeira. Confira:

Programação Artesol – Dia 24/10/2016

 


11h às 12h30  Workshop de Feltragem

la_pura_home

 

Eva Kuffer  e as designers Paula Dib e Renata Mendes apresentarão a técnica, proporcionando uma vivência desse processo aos participantes.

Nas cidades de São Borja e Rosário do Sul, fios naturais ou coloridos de lã pura de ovelha  são elementos do artesanato local. A lã é lavada, cardada, fiada, tingida e depois de feltrada, trabalhada pelas artesãs em tear ou máquina de costura. O tingimento é feito com corantes, fixados com caldo de limão ou naturalmente, com cascas e folhas da região.

Eva Eli Kuffer é uma artesã com importante liderança na Cooperativa Lã Pura, em São Borja no Rio Grande do Sul, região dos pampas. O grupo de Eva congrega 22 artesãs que trabalham para o desenvolvimento de coleções anuais, algumas delas desenvolvidas em parceria com estilistas e designers. A linha de produtos do Lã Pura possui uma diversidade de itens artesanais como: lenços, bolsas, golas, xales, mochilas e peças de vestuário.

 

13h às 14h30 – Workshop de Bordado FiléMarechalDeodoro_file_fotoAnandaM

 

O bordado Filé, de Marechal Deodoro no Estado de Alagoas é uma expressão da identidade local. Os fios multicoloridos, bordados em redes feitas manualmente, com grande complexidade e leveza, é reconhecido como patrimônio cultural do Estado e uma importante fonte de renda para a comunidade local.

Maria Wbiranilda da Silva e as designers Paula Dib e Renata Mendes trarão para esse  workshop o resultado da mais nova coleção trabalhada com o grupo de artesãs.

Maria Wbiranilda da Silva é membro da AMUR – Associação das Mulheres Rendeiras de Marechal Deodoro. O grupo reúne 17 mulheres que trabalham na criação e produção de itens  diversos para a casa e vestuário. Recentemente, com a orientação das consultoras em design da Artesol, o grupo lançou uma nova linha de caixas tridimensionais, renovando totalmente o bordado sem perder seu modo de fazer tradicional.

 

15h às 16h30 – Workshop de Tecelagem

PedroII

 

A tradição da tecelagem manual de Pedro II no Estado do Piauí é uma referencia no país. A técnica foi introduzida na comunidade no século passado pelos padres alemães Lotário e Norberto que incentivaram a produção e contribuíram com a fundação da primeira cooperativa local, mantendo até hoje, um intercâmbio desses produtos com a Alemanha.

Maria Alves de Oliveira e as designers Paula Dib e Renata Mendes apresentarão nesse   workshop o resultado da coleção “Ramos” da marca SAISSU. A designer Lully Viana, proprietária da marca, trabalhou na inovação dos produtos introduzindo tiras de pneu 110% reciclado mescladas com fios de algodão nas cores da pedra opala, típica do Estado do Piauí.

Maria Alves de Oliveira é artesã da Associação Artesanal Xique- Xique, criada em 1990 que realiza um trabalho de preservação dessa técnica tradicional como os pontos típicos da região: olho-de-pombo, catado, entre outros. O grupo possui uma linha de produtos com itens como: colchas de cama, redes, jogos americanos, mochilas, sacolas e estojos de viagem, todos tecidos em teares de grade e de parede.

 

 

17h às 18h30 – Workshop de Entalhe

Criqué_porAnandaM-141

 

A cultura caiçara é uma manifestação tradicional brasileira. É um modo de ser e viver dos moradores das regiões litorâneas do Paraná, Rio de janeiro e São Paulo, que tem sua tradição baseada na relação com o mar e outros ecossistemas locais, como a Mata Atlântica, manguezal e restinga. A comunidade da Juréia está localizada entre as cidades de Iguapé, no Vale do Ribeira e Peruíbe, no litoral sul de São Paulo.

Glória Carneiro e Dalva do Prado em conjunto com as designers Paula Dib e Renata Mendes ministrarão esse workshop de entalhe na madeira caixeta, tendo como inspiração a flora e a fauna da estação ecológica da Juréia.

Glória Carneiro e Dalva do Prado são artesãs da Associação dos Jovens da Juréia que mantém viva a cultura caiçara por meio da produção artesanal. Cada objeto do grupo é inspirado na fauna, na flora e nas tradições locais das comunidades caiçaras. O portfólio é diverso:  móbiles de pássaros, talheres, cabideiros, cumbucas, gamelas  e tábuas de pães.

 

Paula Dib é designer e consultora fundadora da Trans.forma Design. Atua desde 2003 principalmente em comunidades urbanas e rurais de produção artesanal em todo território brasileiro. Por sua abordagem inovadora no design,  foi vencedora em Londres do Premio Internacional Jovem Designer Empreendedor 2006 promovido pelo British Council e do Prêmio TOP XXI Mercado Design 2007. Hoje é uma das Homenageadas do Premio Trip Transformadores. Em 2007 levou a sua metodologia de trabalho para outros países abrindo novas portas para se pensar possibilidades de atuação dentro do campo do design. Realizou workshops no Reino Unido, Holanda, Moçambique e Hong Kong, trabalhando coletivamente para despertar novos olhares e inspirar ações para inovação social. É consultora da Artesol desde 2012.
Renata Mendes é designer,  formada  pela FAAP, com especialização em Gestão da Inovação pelo SENAC. Desde 2002 atua em projetos de impacto social, econômico e cultural, utilizando processos de design para criação de soluções a partir das adversidades e dos recursos locais, que possam ser ferramentas de transformação social. Trabalhou na Associação Mundaréu e em consultorias para empresas, como a Natura, universidades como o Istituto Europeo di Design – IED São Paulo e unidades do SEBRAE em diversos Estados. Atuou também com técnica na incubadora SBCSol, na estruturação de empreendimentos da Economia Criativa. É consultora de projetos da Artesol  desde 2012.

 

 

 

Confira a programação completa e inscreva-se em Fio da Meada Iguatemi.

2 Comentários para "Fio da Meada"

  1. Parabéns à toda equipe! Belíssima iniciativa e grande incentivo para o fortalecimento do trabalho manual de todo Brasil.

Comentários não são permitidos.

Como Apoiar?

×