10. Sustentabilidade

Hoje em dia, é comum ouvirmos falar sobre preservação do meio ambiente, sustentabilidade, manejo da matéria-prima. Mas o que isso tudo tem a ver com a atividade artesanal e o Comércio Justo?

A preocupação com a manutenção do meio ambiente fez com que o Comércio Justo entendesse que é fundamental a tomada de medidas para preservar a natureza. É por isso que as orientações sobre educação ambiental e as oficinas de manejo sustentável da matéria-prima são tão importantes para que os artesãos, principalmente aqueles que utilizam matérias-primas naturais, como fibras e frutos, tenham consciência e saibam manejar corretamente os recursos da natureza, tanto na retirada quanto no descarte, evitando assim a extinção das espécies.

Na Associação de Artesãos de Uruana de Minas “Cores do Cerrado” – MG, o algodão utilizado na produção é manejado de forma sustentável, não polui nem utiliza insumos que prejudiquem o meio ambiente. O corante utilizado nos fios também é natural, proveniente de cascas de alimentos e folhas.A preservação do meio ambiente também é essencial para que a produção do artesanato não seja afetada com a falta de matéria-prima, tornando desnecessária a compra ou obtenção de insumos em lugares distantes ou até mesmo a interrupção da produção.

A Associação dos Artesãos de Urucuia – MG que trabalha com buriti, e a Associação dos Artesãos do Bairro de São Vicente de Paula – PI que trabalha com carnaúba, têm a mesma preocupação; cientes das técnicas de manejo sustentável da matéria-prima, retiram das palmeiras apenas as partes que não prejudicam o seu crescimento e que não danificam a árvore.

A Associação dos Artesãos de Pitombeira – PE contribui para preservação do meio ambiente ao utilizar a fibra da bananeira como matéria-prima principal. As fibras correspondem aos talos que naturalmente seriam descartados, o que evita o apodrecimento dos mesmos e a emissão de gases, como o metano, que potencializam o aquecimento global.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Como Apoiar?

×