Quem somos

Quem Somos
Inicialmente idealizado como projeto de combate à pobreza em regiões castigadas pela seca, a ArteSol/Artesanato Solidário foi concebida em 1998 como um programa social, e a partir de 2002, tornou-se uma Oscip (Organização da Sociedade Civil de Interesse Público).
Suas ações beneficiam brasileiros situados principalmente nas localidades de baixo IDH (Índice de Desenvolvimento Humano) e priorizam o saber-fazer artesanal enquanto fruto de passagem de saber entre gerações. A partir disso, a ArteSol elabora projetos e ações voltados para a valorização da atividade artesanal de referência cultural brasileira, a Salvaguarda do Patrimônio Cultural Intangível, e inclusão cidadã e produtiva dos artesãos.

Missão
Salvaguardar e disseminar o artesanato de tradição enquanto patrimônio cultural brasileiro, promovendo a autonomia dos artesãos detentores do saber e o desenvolvimento cultural, social e econômico das comunidades.

Objetivos
• Promover o artesanato de tradição como patrimônio cultural;
• Apoiar os processos de requalificação do objeto artesanal brasileiro;
• Estimular a formação continuada dos artesãos;
• Promover o fortalecimento das associações, apoiando-as em seus processos de sustentabilidade;
• Articular os agentes que atuam em diferentes frentes no setor, em nível nacional e internacional.

Valores e Atitudes
• Valorização das identidades culturais e da autonomia dos grupos de artesãos
Ações que ofereçam aos artesãos a possibilidade de se tornarem protagonistas de seu desenvolvimento
• Respeito às técnicas e saberes tradicionais;
Ações que levem mestres artesãos a transmitirem seus conhecimentos aos mais jovens, em um diálogo entre gerações
• Responsabilidade socioambiental
Ações que disseminem conceitos de sustentabilidade e promovam o manejo sustentado da matéria-prima, utilizando técnicas tradicionais e científicas e articulando parcerias com institutos de pesquisa ambientais
• Comércio ético e solidário
Ações que permitam a inserção dos produtos de artesanato de tradição cultural em mercados de consumo sustentável
• Desenvolvimento Sustentável
Ações que rompam com práticas meramente assistencialistas e que efetivamente façam diferença nas arenas formuladoras de políticas públicas para geração de renda.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Como Apoiar?

×