Ribeira do Amparo/BA

A tecelagem de Barrocas traz uma forte marca da influência indígena na tecelagem brasileira.

Tema: Tecelagem - 2002-2003

Cidade: Ribeira do Amparo/BA

Duração: 1 ano

Artesãos Beneficiados: 50

Gênero: mulheres

O povoado de Barrocas encontra-se em Ribeira do Amparo, um pequeno município do sertão do estado da Bahia, onde está presente a valiosa herança do artesanato indígena em tear vertical. O número de famílias que sobrevivem da tecelagem de redes é expressivo, sendo esta uma das principais fontes de renda para artesãos das mais variadas faixas etárias, que também complementam a renda familiar a partir da extração da castanha de caju.

Barrocas, como a maioria das localidades do sertão baiano, tem como característica as precárias condições de vida de sua população e a falta de fontes alternativas de geração de renda. Entretanto, este lugar tem uma forte herança cultural que se expressa na rara beleza de suas redes. Esta tecelagem, própria deste povoado, devidamente trabalhada e organizada, pôde contribuir efetivamente para a melhorar as condições de vida desta população.

A tecelagem de Barrocas traz uma forte marca da influência indígena na tecelagem brasileira. Esta influência torna-se evidente pelo uso do tear vertical, um tipo de grade de madeira, onde a tecelã executa seu trabalho sentada no chão, usando um pente, muitas vezes de cabelo, para bater os fios da trama. Neste trabalho, a artesã cria um número variado de padrões geométricos que remetem a seres da natureza ou mesmo a objetos presentes no cotidiano tais como a cangalha, o olhinho e o coração dobrado, entre outros. Estes desenhos são bastante similares aos desenhos presentes nos trançados marchetados das populações indígenas. Como resultado, surge um tecido encorpado e, por vezes bastante colorido, onde os desenhos formam sua textura.

Parceiro Financiador: