Associação de Produtores Rurais e Artesãos de Roça Grande berilo

Tecelagem

Berilo_viagemaoVale

Localização:

João Circuncisão Amaral, 65 - Centro - Cep 39640-000 - Berilo - MG

Telefone:

(33) 98806-4589 (whatsapp)

E-mail:

Contato:

Selma e Chica

Sobre o Grupo: O município de Berilo, no Vale do Rio Jequitinhonha, em Minas Gerais, é conhecido pela excelência de sua tecelagem. A produção artesanal de Berilo encontra-se organizada em torno de três associações comunitárias em Roça Grande, Engenho Velho e Barra do Ribeirão, onde os artesãos estão envolvidos no projeto Vale de Tramas.

A tradição têxtil da região remonta ao século XVIII. Ao longo das gerações, as mulheres desse lugarejo se dedicam ao intenso trabalho de cardar, fiar e tecer o fio de algodão.

Os moradores dessas localidades têm o plantio do feijão e do milho como principal atividade, mas a renda da produção de tecidos é complemento essencial para atender às necessidades básicas da família.

O Artesanato e a Técnica: A tecelagem manual de Berilo é feita em tear mineiro com dois quadros de liço, onde os desenhos são executados durante o tecer, em alto relevo. Essa singularidade da técnica têxtil local identifica o trabalho. O algodão, matéria prima, é colhido, lavado e posto para secar antes de passar pela roca.

As mulheres se dedicam ao intenso trabalho de cardar, fiar e tecer o fio de algodão. Ao entremearem fios criam composições de desenhos geométricos – losango, cruzadinho, cariacó ou figurativos, que retratam o cotidiano, inspirados no universo doméstico, eminentemente feminino e expressam a visão de mundo de sua comunidade.

Plantas regionais como o angico, o jenipapo e o mixiri são matéria prima para o tingimento dos fios que dão cor  e sofisticação aos trabalhos. A casca das madeiras são fervida durante cerca de duas horas no fogão de lenha e nesse caldo a meada de algodão é mergulhada e fervida durante mais duas horas. Seca-se ao sol sem torcer, depois se desembaraça com as mãos e enrolam-se os novelos  de linha.

Produtos