Associação Arte Trama

Localização Rua da Igualdade bairro Monte Castelo - Tutóia MA - Tutoia/MA - CEP 66580-000
Contatos AbrirFechar

Utilize o formulário abaixo para entrar em contato com este membro da Rede Artesol.

Enviando mensagem. Por favor aguarde.
Sua mensagem foi enviada! Aguarde o retorno do membro da rede contactado, ou fale com a Artesol.
Infelizmente ocorreu um erro no envio da sua mensagem. Por favor utilize uma das formas de contato abaixo.
E-mail institucional@artesol.org.br
Telefone (98) 98446-5572
Contato Roseline Araujo da Conceição

As mãos que criam, criam o quê?

Os objetos trançados pelo Grupo Arte e Trama são feitos a partir das fibras do buriti, uma árvore nativa do Brasil, de grande valor para os povos tradicionais que a batizaram de "árvore da vida". Isso porque da palmeira que alcança de 20 a 30 metros é essencial para a proteção de nascentes e reserva de água nas veredas e também porque dela tudo se aproveita - folhas, talos, frutos e sementes, que além de nutrir, geram renda através do artesanato. 

O trançado da fibra do buriti é uma herança indígena que se tornou uma prática transmitida entre gerações pelas comunidades locais. Com a fibra vegetal retirada das folhas, o grupo tece bolsas, chapéus, caminhos de mesa, jogos americanos, e outros objetos de decoração. 

O processo de extração é pesado, precisa-se ir até os buritizais, que crescem sempre em regiões de água farta, subir o alto tronco para realizar o corte do olho. Retira-se o olho do buriti que é a folha mais nova e se encontra no centro, na parte mais alta da palmeira. A fibra é então desfiada até chegar no linho que é a parte mais nobre da folha. O linho então é fervido e tingido com corantes naturais, provenientes da fauna local, como cascas, folhas, frutos e raízes. Quando secos, são organizados em novelos, para então serem crochetados pelas artesãs.

Quem cria?

As raízes do artesanato com buriti são ancestrais no povoado de Tutoia - a técnica de beneficiamento da fibra  há muito é conhecida pelos homens e mulheres que cresceram ali. Foi a partir do ano de 2002, porém, com o auxílio do Sebrae, que o grupo de 22 artesãs foi formado. Em 2005 fundaram a associação e desde então trabalham na produção de peças confeccionadas em crochê com o linho de buriti. 

Onde criam

Tutóia, com sua grande extensão de dunas, é território privilegiado por suas belezas. Localizada a 463 km da capital, na microrregião dos Lençóis Maranhenses, norte do estado, o município é considerado porta de entrada para quem quer conhecer o Delta do Parnaíba, encontro do rio com o Atlântico formando o único delta em mar aberto das Américas. 

O Velho Monge, como é também chamado o Rio Parnaíba, é o maior rio genuinamente nordestino, navegável em toda sua extensão. Divide os estados do Maranhão e Piauí e é base para a Rota das Emoções, roteiro turístico conhecido por seus cenários exuberantes. 

A valorização do artesanato muito provém do movimento turístico que ocorre na região. Os projetos de fomento e fortalecimento direcionados ao grupo levam isso em questão, desenhando uma produção voltada ao público visitante.